>
Esquerda   Revista Mkmouse    Esquerda

Mkmouse - Revista Mensal Edição nº 089 - 31 Dezembro de 2018


iInformatica

DVDStyler, Aplicativo para Criar DVDs Profissionais

Por Kallklen Ribeiro 6 dez, 2017

Com este aplicativo, podemos, não apenas gravar arquivos de vídeo em um DVD que pode ser reproduzido em praticamente qualquer reprodutor.

informatica fig

DVDStyler é uma aplicação para a criação de DVD grátis e multiplataforma.

A ferramenta foi criada para nos dar a possibilidade de criar DVDs com aparência profissional.

Com este aplicativo, podemos, não apenas gravar arquivos de vídeo em um DVD que pode ser reproduzido em praticamente qualquer reprodutor de DVD, mas também nos permite criar menus de DVD projetados individualmente. software de código aberto e completamente gratuito.

O DVDStyler nos permite importar arquivos de vídeo e imagens, adicionar várias legendas e faixas de áudio diferentes.

No momento, também podemos criar menus, botões e pré-visualizações de DVD.

É distribuído sob a GNU General Public License.

O DVDStyler é multiplataforma e torna possível para os entusiastas do vídeo criar seus próprios DVDs de aparência profissional.

Alguns dias atrás, uma nova atualização desta ferramenta de criação de DVD, o DVDStyler 3.0.4 foi lançado.

Neste artigo, veremos como instalá-lo no Ubuntu 14.04, Ubuntu 16.04, Ubuntu 17.10 e Ubuntu 18.04.


Características gerais do DVDStyler

Esta ferramenta cria e grava vídeos em DVD com menus interativos. Isso nos permite projetar nosso próprio menu de DVD ou selecionar um da lista de modelos prontos para usar.

Podemos criar apresentações de slides para serem exibidas em qualquer player.

É possível adicionar várias legendas e faixas de áudio.

Este programa oferece suporte para formatos, AVI, MOV, MP4, MPEG, OGG, WMV e outros formatos de arquivos. Ele também oferece suporte para MPEG-2, MPEG-4, DivX, Xvid, MP2, MP3, AC-3 e outros formatos de áudio e vídeo.

Arquivos com diferentes formatos de áudio / vídeo em um DVD (suporte de título).

A interface do usuário é fácil de usar. Com suporte para arrastar e soltar.

Criação de menus flexíveis com base em gráficos vetoriais escaláveis.

Para dar um aspecto melhor ao nosso DVD, podemos importar arquivos de imagem para o plano de fundo.

Podemos colocar botões, texto, imagens e outros objetos gráficos em qualquer lugar na tela do menu. Também é possível alterar a fonte, cor e outros parâmetros de botões e objetos gráficos no menu.

O programa é escrito em C / C ++ e usa o toolkit gráfico wxWidgets que o torna independente da plataforma. Está disponível para quase todas as distribuições GNU/Linux, para Microsoft Windows e MacOS.


Instalando o DVDStyler no Ubuntu

versões atuais e derivadas do Ubuntu, podemos instalar facilmente a partir do PPA. Para executar a instalação, só temos que abrir o terminal (Ctrl + Alt + T) ou procurar por ‘terminal’ no navegador do aplicativo.

Para começar, adicionaremos o PPA à nossa lista. No terminal, execute o seguinte comando:


      sudo add-apt-repository ppa:ubuntuhandbook1/dvdstyler


Depois disso, podemos procurar e instalar o dvdstyler através do Gerenciador de Pacotes Synaptic (ou outro).

Também podemos executar os comandos abaixo para atualizar a lista de software e instalar a ferramenta:


Agora podemos abrir o DVDStyler no nosso Ubuntu e começar a criar nossos próprios DVDs com aparência profissional.



Fontes:-

informatica


Link para este texto em formato PDF

Link para os textos anteriores


São Paulo, SP, de 2018

Mkmouse


Barra Quadrada


iInformatica

Manuseando arquivos CAB no Ubuntu Linux

informatica fig

Apesar de não ser um formato comum, é possível que nós encontremos um arquivo de extensão .cab para extrair seu conteúdo.

Para quem não sabe, os arquivos CAB são arquivos compactados (semelhantes ao ZIP ou RAR, por exemplo).

O Ubuntu não dá suporte a CAB em sua configuração padrão (não sei se outras distribuições Linux suportam), o que pode representar um problema para a extração dos arquivos.

Para ultrapassar este revés, vamos instalar o programa Cabextract.

Esse aplicativo abre arquivos CAB e extrai seu conteúdo.

Exatamente o que precisamos.


Instalação

Para instalar o Cabextract, abra uma janela de terminal e cole (Ctrl+Shift+V) o comando abaixo:


sudo apt-get install cabextract


Para extrair o conteúdo (a partir do terminal), vá para a pasta onde o arquivo está localizado. Uma vez que estamos na pasta que nos interessa, escreva:


cabextract nome_do_arquivo.cab


Obviamente, você deve substituir pelo nome do arquivo em questão.

Com esse comando, você pode extrair os arquivos.

Por isso, a partir de agora, usar o formato CAB em nosso sistema não causará mais problemas.

Para mais informações a respeito do Cabextract, digite no terminal:


man cabextract

Ou:

cabextract –help



Fontes:-

informatica


Link para este texto em formato PDF

Link para os textos anteriores


São Paulo, SP, 31 Dezembro de 2018

Mkmouse


Barra Quadrada


Editor:- Jarbas Borges - Ano 07 - Edição nº 089 - 31 Dezembro de 2018
Revista Mensal Mkmouse - Ano de 2018