>
Esquerda   Revista Mkmouse    Esquerda

Mkmouse - Revista Mensal Edição nº 093 - 30 Abril de 2019


iInformatica

Firefox ESR no Linux – veja como instalar esse navegador manualmente
Precisa de um Firefox estável e que suporta plugins abandonados?
Veja como instalar o Firefox ESR!
Por Edivaldo Brito

Se você precisa de um Firefox estável e que suporta plugins abandonados pela versão principal do navegador, conheça e veja como instalar o Firefox ESR no Linux manualmente.

      Firefox ESR no Linux – veja como instalar esse navegador manualmente

      Como evitar que sites peçam para mostrar notificações no Firefox

      Como instalar o navegador Pale Moon no Ubuntu 18.04 e derivados

O Firefox ESR é uma edição do navegador da Fundação Mozilla direcionado para educação, empresas e outros locais onde o navegador é implantado e mantido em larga escala, em vários dispositivos.


informatica fig

O ramo ESR do navegador não adiciona novos recursos ou mudanças no atacado, mas recebe correções de segurança de alto risco e correções críticas de estabilidade a cada 6 semanas ou mais.

Embora seja direcionado às organizações, a versão de suporte estendida também é interessante para os usuários comuns.

Qualquer pessoa que confie em serviços da Web ou complemento do Firefox que funcione apenas em uma versão mais antiga do Firefox pode querer manter essa versão mais antiga, estável e suportada do navegador.

E esse é precisamente o papel que o Firefox ESR cumpre.

Ele suporta os milhares de complementos do Firefox “legados”, suporta o servidor de som ALSA e suporta plugins legados do navegador, como Java e etc.


Como instalar a última versão do Firefox ESR no Linux

Para instalar a última versão do Firefox ESR no Linux, faça o seguinte:


      Passo 1. Abra um terminal;

      Passo 2. Caso já tenha feito alguma instalação manual, apague a pasta, o link e o atalho anterior com esse comando;


sudo rm -Rf /opt/firefox-esr*

sudo rm -Rf /usr/bin/firefox-esr

sudo rm -Rf /usr/share/applications/firefox-esr.desktop


      Passo 3. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

      Passo 4. Se seu sistema for de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa.

         Se o link estiver desatualizado, acesse essa página e baixe a última versão e salve-o com o nome firefox-esr.tar.bz2:

wget "https://download.mozilla.org/?product=firefox-esr-latest&os=linux&lang=pt-BR" -O firefox-esr.tar.bz2


      Passo 5. Se seu sistema for de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa.

        Se o link estiver desatualizado, acesse essa página e baixe a última versão e salve-o com o nome firefox-esr.tar.bz2:

wget "https://download.mozilla.org/?product=firefox-esr-latest&os=linux64&lang=pt-BR" -O firefox-esr.tar.bz2


      Passo 6. Execute o comando abaixo para descomprimir o pacote baixado, para a pasta /opt/;

sudo tar -jxvf firefox-esr.tar.bz2 -C /opt/


      Passo 7. Renomeie a pasta criada.

        Se ao executar o comando abaixo ocorrer um erro com a mensagem iniciando com “mv: é impossível sobrescrever o não-diretório”, pule este passo;

sudo mv /opt/firefox*/ /opt/firefox-esrhttps://www.edivaldobrito.com.br/firefox-esr-no-linux/


      Passo 8. Finalmente, crie um atalho para facilitar a execução do programa;

sudo ln -sf /opt/firefox-esr/firefox /usr/bin/firefox-esr


      Passo 9. Se seu ambiente gráfico atual suportar, crie um lançador para o Firefox, usando

comando abaixo;

echo -e '[Desktop Entry]\n Version=46.0.1\n Encoding=UTF-8\n Name=Mozilla Firefox ESR\n Comment=Navegador Web\n Exec=/opt/firefox-esr/firefox\n Icon=/opt/firefox-esr/browser/icons/mozicon128.png\n Type=Application\n Categories=Network' | sudo tee /usr/share/applications/firefox-esr.desktop


Pronto!

Agora, quando quiser iniciar o programa, digite firefox em um terminal (seguido da tecla TAB), ou clicando no ícone dele ou menu de aplicativos do sistema.

á se a sua distribuição suportar, coloque o atalho na sua área de trabalho usando o gerenciador de arquivos do sistema ou o comando abaixo, e use-o para iniciar o programa.

sudo chmod +x /usr/share/applications/firefox-esr.desktop

cp /usr/share/applications/firefox-esr.desktop ~/Área\ de\ Trabalho/


Se seu sistema estiver em inglês, use este comando para copiar o atalho para sua área de trabalho:

cp /usr/share/applications/firefox-esr.desktop ~/Desktop


Se quiser, você também pode usar o gerenciador de arquivos do sistema para executar o programa, apenas abrindo a pasta dele e clicando em seu executável.


Como remover o Firefox ESR no Linux

Para remover o Firefox ESR no Linux, basta apagar a pasta, o link e o atalho anterior com esse comando;


sudo rm -Rf /opt/firefox-esr*

sudo rm -Rf /usr/bin/firefox-esr

sudo rm -Rf /usr/share/applications/firefox-esr.desktop


Como instalar o Firefox ESR no Ubuntu e seus derivados

Para instalar o Firefox ESR no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:

      Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);

      Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;


sudo add-apt-repository ppa:jonathonf/firefox-esr


      Passo 3. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:


sudo apt-get update


      Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;


sudo apt-get install firefox-esr


      Passo 5. Depois, se precisar, desinstale o programa, usando os comandos abaixo;

sudo add-apt-repository ppa:jonathonf/firefox-esr -r -y

sudo apt-get remove firefox-esr --auto-remove




Fontes:-

informatica


Link para este texto em formato PDF

Link para os textos anteriores


São Paulo, SP, 30 Abri de 2019

Mkmouse


Barra Quadrada


iInformatica

Sim, é possível: recupere as mensagens apagadas do WhatsApp…

informatica fig

A mais recente atualização do WhatsApp trouxe a opção "apagar mensagens para todos", que permite que você mude de ideia sobre o envio de algo que mandou. Você tem sete minutos (veja aqui como fazer)

Mas, os curiosos de plantão podem se acalmar.

Foi descoberta uma falha no sistema que permite recuperar o conteúdo da mensagem apagada, e já existe um aplicativo para explorar essa brecha para você (só para aparelhos Android).

O app WA Delete for Everyone consegue recuperar o conteúdo original da mensagem. Porém, é preciso autorizá-lo a registrar as notificações do WhatsApp. Portanto, se você não se sente confortável e seguro com essa permissão, não instale o aplicativo


informatica fig

1. Faça o download do WA Delete for Everyone.

2. Aparecerá uma mensagem de aviso. Para continuar, toque em "Concorde e continue".

3. Para dar ao aplicativo acesso as suas notificações, toque em "Ativar permissão"


informatica fig

4. Ative o interruptor nas configurações de seu celular e toque em "Permitir" para confirmar a ação.

5. A partir de agora, o aplicativo irá armazenar todas as suas notificações do WhatsApp.

6. Assim, quando perceber que alguém excluiu a mensagem, basta abrir o aplicativo e conferir seu conteúdo.


A versão gratuita do aplicativo tem um número limite de mensagens guardadas.

O máximo é de 50 mensagens em cada contato.

Para configurar, toque na engrenagem > "Tamanho do log de mensagens".

Caso queira aumentar esse número, você pode adquirir a Versão Pro.


O aplicativo irá mostrar apenas as mensagens apagadas que ainda não tenham sido lidas.

Conheça o app que põe senha contra xeretas no WhatsApp.



Fontes:-

informatica


Link para este texto em formato PDF

Link para os textos anteriores


São Paulo, SP, 30 Abril de 2019

Mkmouse


Barra Quadrada


Editor:- Jarbas Borges - Ano 08 - Edição nº 093 - 30 Abril de 2019
Revista Mensal Mkmouse - Ano de 2019