Esquerda   Revista Mkmouse    Esquerda

Mkmouse - Revista Mensal Edição nº 089 - 31 Dezembro de 2018

Culinária:

Bolinho de arroz com mortadela defumada

Receitas fig

Receitas fig
Tipo de receita: Entrada
Número de doses: 8 porções
empo de Preparação: 10 Minutos
Tempo de Cozedura: 20 Minutos
Pronto em: 30 Minutos
Dificuldade: Muito Fácil

Ingredientes:


Preparo

Passo 1:


Passo 2:


Passo 3:



Fontes:-

Receitas fig


São Paulo, SP, 31 Dezembro de 2018

Mkmouse


  • Link para este texto em formato PDF
  • Link para os textos Anteriores desta Revista

  • Barra Quadrada


    Culinária:



    Filetes de pescada gratinados com espinafres e cogumelos

    Receitas fig

    Receitas fig
    Tipo de receita: Prato Principal
    Número de doses: 6 porções
    Tempo de Preparação: 20 Minutos
    Tempo de Cozedura: 35 Minutos
    Pronto em: 55 Minutos
    Dificuldade: Muito Fácil

    Ingredientes:


    Preparação

    Passo 1:


    Passo 2:


    Passo 3:



    Fontes:-

    Receitas fig


    São Paulo, SP, 31 Dezembro de 2018

    Mkmouse


  • Link para este texto em formato PDF
  • Link para os textos Anteriores desta Revista

  • Barra Quadrada


    Culinária:

    Petisco de tomate cereja, cream cheese e manjericão

    Receitas fig

    Receitas fig
    Tipo de receita: Entrada
    Número de doses: 1 porções
    Tempo de Preparação: 30 Minutos
    Tempo de Cozedura: 0 Minutos
    Pronto em: 30 Minutos
    Dificuldade: Médio

    Ingredientes:


    Preparação

    Passo 1:


    Passo 2:


    Passo 3:


    Passo 4:


    E pronto!!!



    Fontes:-

    Receitas fig


    São Paulo, SP, 31 Dezembro de 2018

    Mkmouse


  • Link para este texto em formato PDF
  • Link para os textos Anteriores desta Revista

  • Barra Quadrada


    Culinária:

    Receita de Macarrão Frito ao Alho

    Receitas fig

    Receitas fig
    Tempo de preparo: 20 minutos
    Rendimento: 4 porções
    Dificuldade: fácil

    Ingredientes da Receita de Macarrão Frito ao Alho

    Como Fazer Macarrão Frito ao Alho


    Modo de Preparo:

    Ferva a água e acrescente os tabletes de caldo de galinha.

    Frite o macarrão (cru) no azeite, mexendo sempre, até adquirir um tom de caramelo claro.

    Junte o caldo formado, ao macarrão frito.

    Deixe cozinhar até secar a água.

    Frite o alho.

    Bata no liquidificador o alho com o creme de leite.

    Misture ao macarrão.

    Junte o cheiro verde e o parmesão e sirva quente.



    Fontes:-

    Receitas fig


    São Paulo, SP, 31 Dezembro de 2018

    Mkmouse


  • Link para este texto em formato PDF
  • Link para os textos Anteriores desta Revista

  • Barra Quadrada


    Culinária:

    Salada de alface frisée, maçã, bacon e queijo de cabra

    Receitas fig

    Receitas fig

    Essa salada de alface frisée, maçã, bacon e queijo de cabra com molho vinagrete de mel e mostarda é outra salada resultante de “o que há na geladeira e na cozinha & como posso misturar esses ingredientes?”

    Eu tinha um pouco de alface frisée, algumas maçãs, bacon – o que me deu a ideia de adicionar maçãs –, um pouco de queijo de cabra e salsa.

    É claro que pensei que todos esses ingredientes dariam uma boa salada.

    Eu adoro saladas criativas e que equilibram bem diferentes sabores: salgado, doce, azedo, etc… também adoro usar frutas em saladas; a maior parte das saladas servidas em restaurantes levam tomate – que, tecnicamente, é uma fruta –, mas é tão usado em saladas que não é realmente tão criativo.

    Eu gosto de experimentar com frutas como framboesas, mirtilos, peras, laranjas, maçãs, entre outras, e não como uma salada de frutas, mas sim como um toque a mais que ofereça um pouco de contraste ao outros ingredientes salgados.

    Eu também descobri que, se meus filhos veem um pedaço de fruta em sua salada, subitamente ficam mais animados para comê-la (mas meus filhos são um pouco maluquinhos mesmo).


    Uma salada de alface frisée prática e econômica, com muito sabor e teor nutritivo

    Rende: Serve entre 4 a 6 pessoas


    Ingredientes:


    Vinagrete de mel, mostarda e vinagre de maçã


    Modo de preparo

    Coloque todos os ingredientes para o vinagrete em um pote, tampe bem e sacuda até misturar tudo.

    Coloque a alface crespa, a maçã fatiada, o bacon e o queijo de cabra em uma saladeira.

    Regue com o molho ou vinagrete e misture bem.

    Sirva imediatamente.


    Uma das coisas boas de se morar em Washington é a variedade de maçãs disponíveis.

    De acordo com a Comissão de Maçãs da Cidade de Washington (Washington AppleUma das coisas boas de se morar em Washington é a variedade de maçãs disponíveis.

    De acordo com a Comissão de Maçãs da Cidade de Washington (Washington Apple Comission), mais da metade de todas as maçãs cultivadas nos Estados Unidos para consumo como frutas frescas são cultivadas em pomares de Washington, sendo vendidas em todos os 50 Estados dos EUA e para mais de 50 países ao redor do mundo.

    Eu também achei interessante que, enquanto os norte-americanos comem cerca de 8,6 kg de maçãs por ano, europeus comem cerca de 21 kg (eu achava que era o contrário).

    No Equador, meu tipo favorito de maçã era uma muito pequena, amarelo-rosada, que tem um sabor bem ácido, crocante e doce.

    Eu também tenho uma queda por maçãs verdes, não a variedade Granny Smith, mas maçãs que ainda não amadureceram por completo.

    Não temos nenhuma macieira em nossa fazenda, mas lembro-me de ir com amigos da escola em caminhadas por fazendas, em que pude comer muitas maçãs verdes.

    Na maior parte do tempo, as maçãs nunca amadureciam muito bem (a região em que morávamos no Equador não era a melhor para o plantio de maçãs).

    Qualquer pessoa que cresceu no Equador saberá que essa fascinação por frutas verdes ou não maduras, ácidas, não é tão surpreendente.

    Adoramos comer diferente frutas verdes, de mangas verdes a laranjas verdes, e também “grosellas” (um tipo de groselha malaia) com sal.

    É uma combinação de dar água na boca!

    É claro que sempre nos diziam (a nós, crianças) que não fazia bem, existia um tipo de lenda urbana equatoriana que dizia que comer frutas verdes demais com sal mataria suas hemácias e causaria câncer, mas o alerta de “não coma isso” só nos fazia querer ainda mais comer frutas verdes + sal.

    Sempre que saíamos em um passeio ao ar livre ou para caminhar pelo campo, levávamos um pacotinho de sal conosco, para o caso de ehncontrarmos uma mangueira ou laranjeira no caminho.

    Essa salada é muito fácil de preparar, se você não tiver alface crespa, pode usar quaisquer outras folhas verdes, eu preparei o vinagrete com vinagre de maçã porque queria criar uma conexão entre as maçãs e o molho, mas também fica bom com um vinagre branco comum.

    Já que o bacon é muito salgado, você quase não precisa adicionar mais sal a Comission), mais da metade de todas as maçãs cultivadas nos Estados Unidos para consumo como frutas frescas são cultivadas em pomares de Washington, sendo vendidas em todos os 50 Estados dos EUA e para mais de 50 países ao redor do mundo.

    Eu também achei interessante que, enquanto os norte-americanos comem cerca de 8,6 kg de maçãs por ano, europeus comem cerca de 21 kg (eu achava que era o contrário).

    No Equador, meu tipo favorito de maçã era uma muito pequena, amarelo-rosada, que tem um sabor bem ácido, crocante e doce.

    Eu também tenho uma queda por maçãs verdes, não a variedade Granny Smith, mas maçãs que ainda não amadureceram por completo.

    Não temos nenhuma macieira em nossa fazenda, mas lembro-me de ir com amigos da escola em caminhadas por fazendas, em que pude comer muitas maçãs verdes.

    Na maior parte do tempo, as maçãs nunca amadureciam muito bem (a região em que morávamos no Equador não era a melhor para o plantio de maçãs).

    Qualquer pessoa que cresceu no Equador saberá que essa fascinação por frutas verdes ou não maduras, ácidas, não é tão surpreendente.

    Adoramos comer diferente frutas verdes, de mangas verdes a laranjas verdes, e também “grosellas” (um tipo de groselha malaia) com sal.

    É uma combinação de dar água na boca!

    É claro que sempre nos diziam (a nós, crianças) que não fazia bem, existia um tipo de lenda urbana equatoriana que dizia que comer frutas verdes demais com sal mataria suas hemácias e causaria câncer, mas o alerta de “não coma isso” só nos fazia querer ainda mais comer frutas verdes + sal.

    Sempre que saíamos em um passeio ao ar livre ou para caminhar pelo campo, levávamos um pacotinho de sal conosco, para o caso de encontrarmos uma mangueira ou laranjeira no caminho

    Essa salada é muito fácil de preparar, se você não tiver alface crespa, pode usar quaisquer outras folhas verdes, eu preparei o vinagrete com vinagre de maçã porque queria criar uma conexão entre as maçãs e o molho, mas também fica bom com um vinagre branco comum. Já que o bacon é muito salgado, você quase não precisa adicionar mais sal ao molho.

    Salada de alface frisée, maçã, bacon e queijo de cabra - Rec


    Salada de alface frisée, maçã, bacon e queijo de cabra - Rec-1



    Fontes:-

    Receitas fig


    São Paulo, SP, 31 Dezembro de 2018

    Mkmouse


  • Link para este texto em formato PDF
  • Link para os textos Anteriores desta Revista

  • Barra Quadrada


    Culinária:

    Salada de Batata com Azeitonas Pretas e Champignon (vegana)

    Receitas fig

    Receitas fig

    Ingredientes:


    Preparação

    Cozinhe as batatas com sal, mas não deixe muito tempo, para que fiquem firmes.

    Escorra e reserve.

    Numa panelinha coloque azeite a gosto e o alho picadinho, frite-o e despeje tudo por cima das batatas.

    Acrescente a azeitona, o champignon, a salsinha e o manjericão, misture tudo e leve para gelar ou sirva em temperatura ambiente.

    Receitas Rápidas é um aplicativo desenhado exclusivamente para aquelas pessoas que querem desfrutar da comida sem passar muito tempo na cozinha.

    Nele encontrará todas as receitas rápidas de aperitivos, arrozes, macarrão, sopas, guisados, verduras, legumes, carne, peixe, saladas, confeitaria, sobremesas, coquetéis e bebidas do melhor site de cozinha do mundo www.tudoreceitas.com.

    Todas as receitas lhe oferecemos em Receitas Rápidas são feitas em menos de 30 minutos, além disso, poderá encontrar pratos que podem ser feitos em menos de 15 minutos.

    Para os encontrar, pode usar o motor de busca manual e introduzir o prato que procura ou o nome de um ingrediente específico.

    Automaticamente será mostrada uma lista muito completa de todas aqueles receitas rápidas que cumprem com as características da pesquisa.

    Não sabe o que procurar?

    Não se preocupe, também tem a opção de filtrar por tipo de prato que quer cozinhar ou pela dificuldade do processo de elaboração.

    Precisa de receitas rápidas sem glúten?

    Procura receitas de cozinha de menos de 15 minutos e aptas para diabéticos?

    É intolerante à lactose?

    Temos a solução!

    No Receitas Rápidas também encontrará aperitivos, pratos principais, molhos e sobremesas aptos para celíacos, diabéticos e intolerantes à lactose.

    Com este aplicativo de culinária rápida não terá que se preocupar nunca mais com o cardápio nem com o tempo de elaboração, oferecemos-lhe listas completas e adaptadas às suas necessidades.

    Além de lhe proporcionar um sistema de filtros prático e intuitivo, metemos ao alcance das suas mãos milhares de receitas com imagens em cada passo, truques de cozinha e recomendações sobe os melhores acompanhamentos.

    Assim sendo, não só irá poupar tempo com as nossas receitas rápidas como também poderá ter a oportunidade de ver como deve ir ficando o prato e comparar para se certificar que está fazendo corretamente.

    Queremos ajudar a preparar receitas de cozinha fáceis e rápidas, por isso oferecemos-lhe um aplicativo tão completo e simples.

    Se gostou muito de uma das nossas receitas, marque-a como favorita e acesse a ela sempre que quiser.

    Para marcar uma receita como favorita só tem que fazer clique sobre o coração que aparece no canto superior direito da fotografia e já está!

    Todas as suas receitas guardam-se na pasta “Minhas receitas favoritas” da página de início.

    E como se tudo isto fosse pouco, uma vez dentro da receita que pretende cozinhar pode riscar todos os ingredientes da lista que já tem e deixar por marcar os que ainda não tem.

    Desta forma, oferecemos-lhe uma lista completa de ingredientes que serve como uma lista de compras.

    Esqueça esse negócio de apontar num caderno os produtos que tem que comprar para cozinhar e leve o celular para o supermercado para usar diretamente o app e verificar o que falta.

    Receitas Rápidas trabalha para lhe oferecer todos os pratos que cozinha rápida do mundo, desde receitas próprias da gastronomia brasileira até elaborações típicas de países da América Latina, como o México, Argentina ou Chile, assim como da Europa, como por exemplo Portugal e Espanha.

    Deste modo poderá encontrar receitas de enchiladas rápidas, empanadas em menos de 30 minutos, crepes doces e salgados, canapés em menos de 15 minutos, coquetes fáceis e rápidos, receitas de carne ao molho, almondegas caseiras, sobremesas rápidas de todo o tipo, cremes de verduras, sopras frias e quentes, salmão no forno, coxinhas em pouco minutos e, como não podia faltar, toda uma variedade de receitas vegetarianas e veganas fáceis e muito rápidas.

    Deixe voar a imaginação e não se preocupe com o tempo, disso tratamos nós!

    Navegue pelo Receitas Rápidas, escolha a receita que mais lhe agradar, verifique se tem todos os ingredientes e prepare um prato delicioso em apenas uns minutos.

    Desfrute do prazer de comer sem perder muito tempo cozinhando!

    Não pense mais, baixe grátis este aplicativo e comece a descobrir as melhores receitas rápidas e fáceis para jantar, almoçar, café da manhã ou petiscar.



    Fontes:-

    Receitas fig


    São Paulo, SP, 31 Dezembro de 2018

    Mkmouse


  • Link para este texto em formato PDF
  • Link para os textos Anteriores desta Revista

  • Barra Quadrada


    Editor:- Jarbas Borges - Ano 07 - Edição nº 089 - 31 Dezembro de 2018
    Revista Mensal Mkmouse - Ano de 2018