Esquerda   Revista Mkmouse    Esquerda

Mkmouse - Revista Mensal Edição nº 098 - 31 Agoto de 2019

Culinária:

Caipira, pirapora! Bolinho caipira do Vale do Paraíba

Receitas fig

Receitas fig

Desde a minha primeira quermesse (foto acima) que adoro os festejos de junho.

Acho delicioso o climão de festa, a música, as cores, os aromas e é claro, as comidas juninas!

Acho tudo bom: quentão, vinho quente, pipoca, paçoca, canjica, arroz doce, bolo de macaxeira, maça do amor, cuzcuz… e desde que vim morar no Vale do Paraíba em 1984 me apaixonei pelo Bolinho Caipira, que é a grande vedete das festas da região e que só existe lá.

Eu gosto de pensar que são eles os famosos bolinhos da Tia Anastácia do Sítio do Pica-pau Amarelo (aqueles que deixaram o Minotauro maluco!), já que Monteiro Lobato era de Taubaté.

Em forma de charutinho dourado, é uma massinha fina e crocante de farinha de milho, recheada com carne moída bem temperada que solta um caldinho delicioso, que se mistura à “polpa” do bolinho, que por sua vez fica quase líquida, em ponto de polenta mole… hummmmm, escorre pela boca, quente: bocada de pura alegria!

Minas Gerais tem a sua versão, mas com outra forma (de pastelzinho, risoles), outros recheios (frango, carne, palmito, umbigo de banana, entre outros) e com o nome de Pastel de Angú.

Mas guardadas as diferenças é o mesmo acepipe.

O bolinho caipira do Vale tem recheio de carne de vaca. Já me contaram que em Jacareí a gente encontra recheado de carne de porco, mas esses são novidade, o tradiça mesmo é de carne moída bovina.

Há anos eu não fazia bolinho caipira.

Foi muito legal rememorar e revisitar essa delícia.

E desta vez percebi mais uma coisa: o bolinho é a versão brazuca da tortilla mexicana, que também vem da farinha de milho, mas tem forma achatada e é feita na chapa ou frita, com recheio em cima.

São primas, com toda certeza.


Comida com calor humano

Ah, e fica a dica: esta também é daquelas comidas que a gente tem que fazer coletivamente.

Prepare a massa e o recheio antes e junte a turma em volta da mesa para enrolar os bolinhos enquanto conta as novidades.

Está garantido um dia delicioso com os amigos.

Ontem contei com a ajuda do Rica e do Hamilton para a enrolação, conversação e degustação! Valeu, meninos!


Receitas fig

Bolinho Caipira
do Vale do Paraíba


Receitas fig

Ingredientes:


Massa


Recheio


Receitas fig

Modo de fazer


Massa


Recheio


Enrolação e fritura


Receitas fig

Harmoniza com… por Marina Novaes (na Pick’up ) e Marcelo Pedro (no Copo)


Receitas fig

O trio Conversa Ribeira é formado por Andrea dos Guimarães (voz), João Paulo Amaral (viola e voz) e Daniel Muller (piano e acordeon). Dedicam-se com afinco à criação de novas interpretações e arranjos para canções ligadas ao universo da música caipira, misturando modas de viola, melodias folclóricas com pitadas de sutileza e recheadas de sentimento.

Festa Junina aqui no sudeste também é conhecida como Festa Caipira, e nada mais aconchegante que a tradição, com seus perfumes, aromas e encanto. Principalmente se o cenário é final de tarde ensolarado, numa varanda com rede, cheia de amig@s e boa prosa.

E a moda “Meu Sítio, Meu Paraíso”, composto por Zé do Rancho, é a pedida perfeita para o Bolinho Caipira, cheio de simplicidade, mas também de riqueza e com gosto de saudade.


Receitas fig

Minha dica é uma cerveja weiss de trigo, como a A Erdinger Weissbier.

É uma cerveja de trigo com levedura fina e tradicional maturação dentro da própria garrafa, similar aos champanhes.

É leve, viva, muito aromática e refrescante, clássica entre as cervejas de trigo.

Vai muito bem com a suavidade do bolinho caipira, principalmente se vc colocar uma pimentinha malagueta.

Ou vc pode, como eu, esperar 20 dias e pedir uma nova leva de bolinhos para tomar com a Love Weiss que as Maltemoiselles vão fazer no próximo sábado!



Fontes:-

Receitas fig


São Paulo, SP, 31 Julho de 2019

Mkmouse


  • Link para este texto em formato PDF
  • Link para os textos Anteriores desta Revista

  • Barra Quadrada


    Culinária:

    Bolinho de aipim

    Receitas fig

    Receitas fig

    Preparação

    Sabadão ensolarado, vc acorda mais tarde, curte uma prainha (mais piscina tbm serve) e aproveita o finalzinho da tarde para sentar relaxado, comer uma coisinha e filosofar sobre a vida… então esses bolinhos não se encaixam perfeitamente nesse cenário?

    Enquanto o Rafa produzia essa fotinho eu tratei de captar o mesmo clique e enviar por celular para minha irmazita que estava num Rio de Janeiro super chuvoso, a mensagem q recebi de volta foi um sonoro palavrão me xingando, que aquilo era sacanagem… nem preciso dizer q esse prato acabou rapidinho né?

    (assim como a cerveja, rs…)

    E a perfeição é que é mega simples fazer os dito cujos, só ainda não tentei assa-los em vez de fritar, mas da próxima vez tentarei… mas é q fica tão sequinho, tão crocante q dá até dó mudar o modo de preparo.

    Então você vai cozinhar 1/2k de aipim, mandioca ou macaxeira, como preferir, até que fiquem desmanchando, já que você vai amassar bem amassadinho como se fosse fazer um purê… deixe esfriar um pouquinho para você poder misturar com as mãozinhas, então adicione 1 ovo grande, 1/2 colher de café de noz moscada e 1/2 xícara de queijo parmesão ralado (pode ser o de saquinho, ok?).

    Misture muito bem até formar uma massa homogênea… por causa da liga do aipim você só vai precisar de farinha de trigo na hora de enrolar, para poder sujar suas mãozinhas e depois empanar os bolinhos já fechados.

    Ó aqui um quase passo a passo, mas que acho q já ajuda…

    O recheio???

    O recheio minha gente é com o que a sua imaginação mandar, por aqui fomos de carne moída, queijo coalho e manjericão, mas pode ser de carne seca, só queijo, carne de sol e até sem recheio fica bom tbm, que eu já fiz e não vou mentir, rs…


    Receitas fig


    Fontes:-

    Receitas fig


    São Paulo, SP, 31 Julho de 2019

    Mkmouse


  • Link para este texto em formato PDF
  • Link para os textos Anteriores desta Revista

  • Barra Quadrada


    Culinária:

    Bolinho de arroz - sobras de arroz

    De Márcia


    Receitas fig

    Receitas fig

    Receitas fig

    Receitas fig
    Tipo de receita: Entrada
    Número de doses: 2 porções
    Tempo de Preparação: 15 minutos
    Tempo de Cozedura: 5 minutos
    Pronto em: 20 minutos
    Dificuldade: Muito Fácil
    Calorias: 502 Kcal (1 porção)
    ProPoints: 13 (1 porção)

    Ingredientes:


    opcionais:


    Preparação

    Passo 1:

    Misture as sobras de arroz com os ovos e a farinha de trigo, o queijo ralado e a salsa.


    Passo 2:

    Faça uma massa com a consistencia para bolinhos.


    Passo 3:

    Depois acrescente os ingrediente opcionais que desejar.


    Passo 4:

    Faça bolinhas com duas colheres e frite em azeite ou óleo quente.



    Fontes:-

    Receitas fig


    São Paulo, SP, 31 Julho de 2019

    Mkmouse


  • Link para este texto em formato PDF
  • Link para os textos Anteriores desta Revista

  • Barra Quadrada


    Culinária:

    Bolinho de arroz assado


    Receitas fig

    Receitas fig

    Ingredientes:


    Preparo

    Misture todos os ingredientes em uma tigela com o auxílio de uma colher

    Aqueça o forno a 200º C, por aproximadamente 10 minutos

    Faça os bolinhos com o auxílio de uma colher e unte um refratário

    Asse por cerca de 30 minutos


    Informações Adicionais

    Pincele o bolinho com um pouco de gema de ovo e polvilhe queijo parmesão.



    Fontes:-

    Receitas fig


    São Paulo, SP, 31 Julho de 2019

    Mkmouse


  • Link para este texto em formato PDF
  • Link para os textos Anteriores desta Revista

  • Barra Quadrada


    Culinária:

    Bolinho de arroz com mandioca

    De Dianareceitas


    Receitas fig

    Receitas fig
    Tipo de receita: Entrada
    Número de doses: 7 porções
    Tempo de Preparação: 3 horas
    Tempo de Cozedura: 1 hora
    Pronto em: 4 horas
    Dificuldade: Médio

    Ingredientes:


    Preparação

    O ideal é você colocar a mandioca e o arroz no moedor juntos.

    Mais como nem todos tem moedor (assim como eu) utilizem outra ferramenta.

    A minha foi o amaçador de batatas.

    Você mistura os amassados com o ovo e tempere bem, mais bem mesmo.

    Coloque o queijo e misture mais.

    Leve para fritar em óleo quente.



    Fontes:-

    Receitas fig


    São Paulo, SP, 31 Julho de 2019

    Mkmouse


  • Link para este texto em formato PDF
  • Link para os textos Anteriores desta Revista

  • Barra Quadrada


    Culinária:

    BOLO INTEGRAL DE MAÇÃ COM CANELA E AVEIA FOFINHO

    Chef Susan Martha


    Receitas fig

    Preparação

    Receitas de bolos simples são sempre as minhas preferidas e este bolo integral de maçã com canela é daqueles que sempre quero repetir, afinal, sempre tem maçã e aveia aqui em casa.

    Esta receita de bolo de maçã com canela foi inspirada nos sabores da minha nova receita de Torta de Maçã exclusiva do meu novo Curso de Sobremesas sem glúten e sem leite.

    Posso te garantir que se você seguir a receita do bolo integral de maçã com canela à risca vai se surpreender e este bolo vai virar um dos queridinhos da sua casa.


    Receitas fig

    BOLO INTEGRAL DE MAÇÃ COM CANELA DE LIQUIDIFICADOR


    Eu amo usar o liquidificador para fazer bolos, e neste bolo integral de maçã não podia ser diferente, afinal precisamos liquidificar a maçã para usá-la na massa.

    Se o seu liquidificador for potente é possível colocar todos os ingredientes da massa pra bater no liquidificador.

    Mas eu já percebi que quando você processa os líquidos e depois mistura aos secos em uma bacia separada, o resultado é melhor.

    E é por isso que costumo misturar os secos em uma bacia, depois processo os molhados no liquidificador e aí sim combino os dois.

    Seguindo estas etapas simples você vai obter um bolo de maçã fofinho e muito gostoso!


    BOLO DE MAÇÃ COM AVEIA FOFINHO


    Receitas fig

    Eu amo usar aveia em minhas receitas, ela é fonte de fibras e ajuda a dar mais flexibilidade para as receitas sem glúten.

    Vale lembrar que se você não for celíaco você pode usar a aveia integral comum, dessas que encontramos com facilidade no mercado.

    Mas se você tiver a doença celíaca é imprescindível que você compre a aveia certificada e embalada, nunca a granel.

    Se você quiser aprender mais sobre aveia sem glúten clique aqui para conferir a aula que dei lá no YouTube.

    Só que se você usar apenas a aveia na receita de bolo de maçã com canela a textura vai ficar um pouco grudenta e elástica.

    E é por isso nesta receita de bolo integral de maçã eu combinei a aveia e o amido de milho.

    O amido de milho combinado com a aveia permite que você faça um bolo de maçã fofinho e equilibrado, sem que a massa fique grudenta.


    BOLO INTEGRAL DE MAÇÃ AROMÁTICO


    Receitas fig

    A maçã é uma fruta docinha e muito saborosa.

    Nesta receita de bolo de maçã com canela eu usei a maçã fuji, que é bem suculenta, mas qualquer maçã serve.

    E para exaltar os aromas do bolo de maçã fofinho eu usei a canela, a noz moscada e também suco de limão.

    Todos estes ingredientes são opcionais na receita, mas com certeza eles elevam muito o paladar deste bolo integral de maçã.

    Quando temos especiarias e aromas combinados com perfeição a comida fica muito mais gostosa, faça o teste e perceba a diferença.

    Além das especiarias esta receita de bolo integral de maçã ainda leva passas e castanha do Pará/Brasil, que combinam perfeitamente com o sabor da maçã.

    Ingredientes:


    Receitas fig

    Receitas fig

    BOLO INTEGRAL DE MAÇÃ COM CANELA
    Chef Susan Martha
    20 minutos
    40 minutos
    60 minutos
    14 fatias


    Descrição

    Este bolo integral de maçã com especiarias vai surpreender seu paladar, é muito aromático, fofinho e combina perfeitamente com um cafezinho 🙂


    INGREDIENTES SECOS



    INGREDIENTES MOLHADOS



    INGREDIENTES ADICIONAIS


    Modo de PreparoSepare uma forma de 20 x 30 cm, unte e polvilhe com um pouco de farinha.


    Notas


    Categoria: Bolo Integral

    Métodos: Liquidificador

    Cozinha: Sem Glúten


    Informações Nutricionais


    Keywords: bolo integral, bolo de maçã com canela


    DURABILIDADE E ARMAZENAMENTO BOLO INTEGRAL DE MAÇÃ

    Sempre que você usa frutas frescas em bolos a durabilidade dele diminui.

    Bolos mais úmidos sempre estragam mais rápido que bolo mais secos.

    Principalmente se você morar em uma cidade de clima quente, aí o bolo de maçã fofinho pode estragar de um dia para o outro.

    Por isso minha sugestão é colocar o bolo integral de maçã com canela na geladeira já no primeiro dia.

    Mesmo refrigerado o bolo continua fofinho e saboroso.

    Refrigerado esta receita de bolo de maçã com canela dura uns 5 ou 6 dias.

    Se não conseguir consumir neste tempo você pode congelar e consumir em até 3 meses, mas o ideal é consumir em até 1 mês de congelamento.

    Para descongelar é só colocar a porção na geladeira de um dia para o outro, ou no micro-ondas sobre um papel toalha por 30 segundos, 15 segundos de cada lado.


    Receitas fig


    BOLO DE MAÇÃ COM CANELA E AVEIA FOFINHO DE LIQUIDIFICADOR



    Fontes:-

    Receitas fig


    São Paulo, SP, 31 Julho de 2019

    Mkmouse


  • Link para este texto em formato PDF
  • Link para os textos Anteriores desta Revista

  • Barra Quadrada


    Editor:- Jarbas Borges - Ano 08 - Edição nº 098 - 31 Agoto de 2019
    Revista Mensal Mkmouse - Ano de 2019